NOTA DE REPÚDIO: PREFEITURA DE PORTO ALEGRE QUER VENDER A SAÚDE
NOTA DE REPÚDIO: PREFEITURA DE PORTO ALEGRE QUER VENDER A SAÚDE

12 de Março de 2019
A ASHPS vem a público repudiar os intentos da Prefeitura, que de forma insistente quer vender e terceirizar os serviços de Porto Alegre. Desta vez, os alvos são os Pronto Atendimentos Bom Jesus e Lomba do Pinheiro, que prestam um trabalho inestimável à comunidade.
 
Sem qualquer diálogo com a população ou com os servidores, a equipe da Bom Jesus foi avisada com menos de três horas de antecedência sobre uma reunião com o Secretário de Saúde Pablo Stürmer. Ele e sua equipe estiveram no local para "comunicar" aos servidores a notícia da terceirização. Segundo o Secretário, a seleção será focada em critérios técnicos e financeiros.
 
Os servidores desses locais poderão ser remanejados para os demais pontos da rede de urgência e emergência, suprindo o déficit existente no Hospital de Pronto Socorro, Hospital Materno-Infantil Presidente Vargas e Pronto Atendimento Cruzeiro do Sul.
 
Neste sentido, reafirmamos nosso compromisso em lutar contra a precarização dos serviços de saúde e por uma saúde 100% pública, capaz de prestar um atendimento de qualidade, com profissionais capacitados e qualificados para o atendimento a população portalegrense.
 
Marchezan, não aceitaremos a privataria dentro do Município!